Caseirinho - Amor à primeira mordida!

Caseirinho - Amor à primeira mordida!

Mais sabor para um
despertar cada vez melhor.

A história da Caseirinho Alimentos não é apenas a história de uma empresa que nasceu, cresceu e prosperou. É muito mais que isso. É a história do sonho da família Barbosa.

Dizem que toda empresa começa através do sonho de um grande empreendedor. A Caseirinho nasceu da necessidade de duas pessoas simples, como você, de prover sustento para si e para seus dois filhos pequenos.

Mas quem são essas pessoas? Vamos conhecer o Sr. Luiz e a D. Elaine Barbosa. Luiz sempre foi um sonhador e agradece a Deus por ser assim. Elaine foi quem acreditou que a realização de um sonho era possível e esteve lá, apoiando e entrando de cabeça nas ideias do marido.

Entre 1985 e 1993, Luiz, um técnico agrícola gaúcho, acumulou alguns fracassos profissionais e chegou à total falta de condições financeiras.

Então, exatamente em 11 de março de 1993, Elaine fez quatro pães caseiros assados num forno comum e decidiu vendê-los aos vizinhos e amigos para auxiliar nas despesas da casa – aí o nome Caseirinho, definido desde o começo desse projeto.

Enquanto Luiz procurava um emprego que pudesse dar estabilidade à sua família, Elaine fazia pães e cuidava dos filhos Luiz Henrique e Karoline. Todos os dias o casal começava a produção no porão da sua casa às 4 da madrugada e só parava lá pelas 9 da noite.

Felizmente o bom emprego não apareceu e Luiz e Elaine construíram uma pequena indústria de 70m² nos fundos de casa para produzir pães. Essa podia ser só mais uma história de um casal lutando para sustentar seus filhos, mas é aí que você se engana.

Porque o que começou bem pequenininho, foi crescendo junto com a vida dessa família. Em 1998, foi a vez de expandir os negócios e oferecer os produtos para pequenos comerciantes.

Aos poucos a demanda de pães, que sempre foram muito bem feitos, com matéria-prima de qualidade e muito amor e carinho, foi aumentando e, junto com ela, a estrutura de produção também.

A indústria de fundo de casa ficou pequena e a Caseirinho se mudou para uma área de 260m² que, em pouco tempo ficou apertada. Foi a vez de trocar para uma área de 700m² e logo teve que ampliar para mais um barracão de 300m². Os colaboradores da empresa já ultrapassavam os 50 funcionários.

 

empresaO Presente

A atual sede da Caseirinho tem 3800m² e ela tornou-se uma das marcas de pães mais queridas e lembradas do Paraná. A empresa continua produzindo os pães que lembram o pão da vovó, com a mesma qualidade de sempre.

Mas é claro que o norte paranaense ficou pequeno para o tamanho do sonho do Luiz, da Elaine e agora também do Luiz Henrique e da Karoline, que trabalham para dar continuidade a esse ideal.

A Caseirinho passou a atender, além do norte do Paraná, as regiões oeste e centro-oeste do estado, os Campos Gerais e Curitiba.

Mas você deve estar se perguntando: qual é o segredo desse sucesso todo? É aquela fórmula simples que envolve uma ideia, trabalho, dedicação, inovação e muita seriedade. Sabe aqueles ditados populares de nunca dar um passo maior que a perna e sempre manter os pés firmes no chão? Então, eles funcionam.

A identidade visual da marca é pensada de forma que toda a essência do trabalho da Caseirinho seja traduzida de forma simples e lúdica: um coração formado pela fumaça que exala do nome da empresa.

A cor escolhida foi o vermelho, que traduz paixão, estímulo e felicidade. Uma cor que provoca sensações, que traz a paixão pelo que a Caseirinho faz junto com todo o sabor dos seus produtos.

Já a tipografia escolhida é uma síntese da logo anterior da marca e que mantém a identidade da empresa com pequenos ajustes. O círculo ao fundo simboliza o sol ao amanhecer, representando a força de vida que move cada um de nós diariamente.

Colocando tudo isso junto, para quem prova o pão da Caseirinho, a sensação é de amor à primeira mordida.

 

48bO Reconhecimento

O reconhecimento de tantos esforços veio através de várias premiações, entre elas o Prêmio Tito Muffato nos anos de 2013 e 2014; a marca regional mais lembrada pela revista Supermercado Moderno e o Top de Marcas 2014 e 2015 de Apucarana.

E aquele sonho de duas pessoas que começou tão pequenininho há mais de 22 anos, tornou-se o sonho de muitas outras pessoas, como os 230 colaboradores da família Caseirinho.

Tudo isso só é possível graças a essa família, então nosso muito obrigado aos fornecedores, colaboradores, parceiros e, principalmente, clientes, que fazem desse sonho uma realidade.

 

barbosasO Futuro

Quando a gente tem um filho, quer vê-lo crescer e desbravar novos horizontes. Com a Caseirinho não é diferente. Essa filha (a empresa) do Luiz e da Elaine quer traçar um futuro brilhante.

Como já atua em grande parte do Paraná, a empresa quer que no futuro o atendimento passe a todo o estado e não é só isso. Outra meta a ser conquistada é atender aos demais estados do sul do Brasil: Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Nunca assumindo mais compromissos do que suas capacidades de produção e logística e buscando crescer sempre atenta ao mercado, a Caseirinho tem o objetivo de ser a maior empresa de pães do sul do país. Para isso, busca o comprometimento com fornecedores para oferecer o melhor ao consumidor final.

 

caseirinho-logisticaLogística

O sucesso de nossa empresa é o resultado de esforços e investimentos em vários setores, um dos fatores determinantes é a logística eficiente, que permite a Caseirinho Alimentos competir paralelamente com as grandes marcas do mercado.
Hoje nossos produtos estão distribuídos nas regiões Leste, Norte e Oeste do Paraná em crescente expansão.

 

 

 

 

 

Trabalho Socialcaseirinho-trabalho-social

Não adianta uma empresa buscar seu próprio crescimento e esquecer o mundo que a rodeia e que faz parte – direta ou indiretamente – de sua história. Por isso a Caseirinho decidiu que podia fazer algo para mudar esse mundo.

Buscando um futuro melhor para o país, a Caseirinho possui convênio com entidades assistenciais e, dessa forma, procura mudar a realidade social de muita gente, resolver problemas de relações humanas e promover capacidades e aptidões para melhorar o bem-estar das pessoas.